Claudio de Lima

"Passo e fico, como o Universo" O Guardador de Rebanhos - Fernando Pessoa

Textos


Fragmentos

O sonho é fragmentado
como o sono
e o pensamento
Deslocado da realidade
vai de um a outro lado
Sem vontade de parar
solto no espaço
sem lugar pra repousar a cabeça
E por mais que pareça loucura
propõe respostas
a quem ali os procura
ali, nos seus menores fragmentos...

Um pedaço de pão, uma mesa,
sementes jogadas ao chão,
um jardim, uma escada
um raio de luz
um grito de não, na escuridão da madrugada
uma cadeira vazia
uma janela emperrada
Alguém que partiu
alguém pra chegar
um choro
um cão perdido pela rua
Ah! há sempre um cão por perto
despertando susto, medo ou compaixão

Fragmentos
sem nomes, sem datas ou legendas
São como retratos que escorrem
pelas fendas de nossa história
Por vezes sem rosto
como uma viagem
onde todo o roteiro
parece feito para confundir
o passageiro do sono
ou o cão que ainda pode ser visto pelas ruas
procurando seu dono...

 
Claudio Lima
Enviado por Claudio Lima em 09/07/2014
Alterado em 16/08/2015
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras